Ortodontia

Ortodontia para Adultos

No passado, o tratamento ortodôntico estava associado às crianças, porém hoje, não existe idade máxima. Os adultos também podem beneficiar-se das soluções ortodônticas para correção de problemas como: dentes tortos, apinhados, sobremordidas, mordidas cruzadas, arcada mal posicionada, doenças nas articulações, etc.

O processo biológico de movimentação dos dentes é o mesmo independentemente da idade. Geralmente o tempo de tratamento ortodôntico em adultos é um pouco maior do que o tratamento em crianças. No adulto o crescimento facial já se completou e por isso, em alguns casos, a solução para determinados problemas requer outros métodos de tratamento.

Antes de iniciar o tratamento ortodôntico é necessário estar com a saúde oral em dia. O ortodontista fará um exame minucioso para certificar de que não existe inflamação ou qualquer infecção na gengiva, osso ou canal do dente. Se houver cáries ou próteses mal adaptadas, estas deverão ser tratadas antes da colocação do aparelho.

Na i.smile os pacientes podem optar entre o aparelho fixo de metal ou o aparelho fixo de porcelana (transparente ou da cor do dente). Os adultos normalmente preferem os bráquetes estéticos que tem a cor do dente e quase não aparecem. Cada aparelho tem suas vantagens e ambos alcançam o mesmo resultado terapêutico.

Contamos também com os aparelhos “autoligados" (não utiliza borrachinha), que para o caso de aparelhos estéticos descarta o problema da pigmentação (amarelamento) das mesmas e tem como grande vantagem a redução do tempo de tratamento.

 

Não importa a sua idade. Nunca é tarde para melhorar a sua saúde oral e tornar o seu sorriso ainda mais bonito! Solicite um agendamento.

 

Dentista responsável pelo ortodontia é o Dr. Rafael Mariano.

 

Ortodontia para Crianças

É importante que os pais levem as crianças ao ortodontista para fazer uma avaliação ortodôntica por volta dos sete anos de idade.

Alterações na oclusão (mordida) geralmente são notadas entre os 6 e os 12 anos de idade, período em que os dentes permanentes começam a erupcionar e a criança possui uma dentição mista (dentes de leite e dentes permanentes).

O tratamento ortodôntico quando iniciado durante a fase de crescimento, geralmente entre as idades de oito e 14 anos, assegura excelentes resultados e estabelece o equilíbrio oclusal, funcional e estético da criança.

No entanto, se os pais notam alguma alteração na mordida ou se a criança apresentar “dentes tortos” ou apinhados, é aconselhável consultar o ortodontista, independentemente da idade.

Para os pacientes com clara indicação de ortodontia prematura, o tratamento precoce pode prevenir o desenvolvimento de problemas mais graves; reduzir o tempo do tratamento, além de oferecer ao ortodontista a possibilidade de:

Guiar o crescimento dos maxilares

Reduzir o risco de trauma em dentes protuídos (“crianças dentuças”)

Intervir em hábitos orais nocivos tais como: projeção de língua, respirar pela boca, chupar dedo, etc.

Guiar os dentes permanentes para uma posição mais favorável, melhorando a aparência da criança e aumentando a sua auto-estima.

 

Dentista responsável pela ortodontia é o Dr. Rafael Mariano.

© Copyright 2019 I.Smile. Todos os direitos reservados.